Diretor de Avatar investe em paineis solares em escola nos EUA

James Cameron inovou para ajudar o meio ambiente e instalou painéis solares na escola MUSE, na Califórnia. Além disso, ele disponibilizará os códigos do projeto na internet para que o projeto possa ser replicado. A ação foi feita na última terça-feira (19), mas ainda não há data para liberação dos códigos.

A ideia é que 90% da energia utilizada pelo colégio seja proveniente do sol. Sobre o design dos paineis, que são em forma de girassol, James afirmou que a ideia é torná-los visualmente atrativos, para que possam ser instalados em shoppings e parques.

Esta não é a primeira intervenção de James Cameron em prol do meio ambiente. Avatar, seu último grande sucesso de público, além de premiações da Acadêmia,  lhe rendeu um prêmio da PETA (Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais) por não ter utilizado nenhum animal durante as filmagens.

Avatar rendeu tipos distintos de prêmios à James Cameron (Foto: Divulgação)

James Cameron e sua esposa Suzy se converteram ao veganismo por uma questão ética, explicada facilmente por uma citação do próprio James: “se você quer salvar os peixes, é só não comê-los”.

O próprio colégio que recebeu os paineis é um exemplo de engajamento. O MUSE é a primeira escola vegana dos Estados Unidos. Descontentes com a alimentação de seus filhos nas escolas comuns, Suzy e James Cameron resolveram criar uma instituição onde a filosofia é mais natural. Boa parte dos alimentos são plantados pelas próprias crianças, por exemplo. Mais de 100 alunos estão matriculadas.

Alimentos industrializados não existem na MUSE (Foto: Reprodução/Facebook)

Uma breve pesquisa pelos termos “James Cameron meio ambiente” no Google revela mais uma série de abordagens do diretor à respeito do meio ambiente, incluindo participação em um ato contra Belo Monte  em 2010 e uma entrevista de 2012 onde afirma que Titanic é uma espécie de metáfora ambiental.

Outras celebridades americanas são criticadas por desperdício de água

A preocupação ambiental infelizmente não atingiu a todos os astros da Califórnia. Por meio das redes sociais, moradores denunciam excesso de consumo de água de atores e atrizes . A hashtag utilizada é #DroughtShaming (Vergonha da Seca, em tradução livre). Nomes como Jennifer Lopez, Kim Kardashian, Kanye West e Seann Penn na lista negra dos usuários.

A Califórnia vive um momento de seca e o governador do estado decretou diminuição de cerca de 25% de água, e aconselhou medidas como trocar parte dos jardins por plantas desérticas, que demandam menos água. Os reservatórios de água da região estão com capacidades mínimas.

Imagens aéreas das mansões dos famosos são divulgadas no Twitter, e a seca parece não estar tendo tanto efeito assim em suas casas. Jornais americanos defendem as celebridades, afirmando que não é possível saber com exatidão quando as fotos foram tiradas.

Elyson Gums

Estuda jornalismo porque não deu certo como zagueiro. Gosta mais de batata do que de estudar, e assiste muito desenho e filme pastelão.