Dia da Toalha: uma homenagem a Douglas Adams

Hoje, 25 de maio, é uma data especial para os nerds: além de marcar a estreia de “De volta para o Futuro III” e de “Star Wars episódio IV”, comemoramos o Dia da Toalha!

Dia da Toalha?

Isso mesmo! É uma homenagem à obra de Douglas Adams, autor da série de livros “O Guia do Mochileiro das Galáxias“. Na história, Arthur Dent, um inglês meio mal humorado, acaba viajando pela galáxia ao lado de Ford Prefect, um mochileiro a serviço da maior enciclopédia do universo: O Guia do Mochileiro das Galáxias!

dia da toalha
(créditos: towelday.org)

E por que a toalha?

Bem, o guia é claro: a toalha é o item mais importante na vida de um mochileiro! Aqui ai o verbete do Guia sobre o objeto:

A toalha é um dos objetos mais úteis para um mochileiro interestelar. Em parte devido a seu valor prático: você pode usar a toalha como agasalho quando atravessar as frias luas de Beta de Jagla; pode deitar-se sobre ela nas reluzentes praias de areia marmórea de Santragino V, respirando os inebriantes vapores marítimos; você pode dormir debaixo dela sob as estrelas que brilham avermelhadas no mundo desértico de Kakrafoon; pode usá-la como vela para descer numa minijangada as águas lentas e pesadas do rio Moth; pode umedecê-la e utilizá-la para lutar em um combate corpo a corpo; enrolá-la em torno da cabeça para proteger-se de emanações tóxicas ou para evitar o olhar da Terrível Besta Voraz de Traal (animal estonteantemente burro, que acha que, se você não pode vê-lo, ele também não pode ver você – estúpido feito uma anta, mas muito, muito voraz); você pode agitar a toalha em situações de emergência para pedir socorro; e naturalmente pode usá-la para enxugar-se com ela se ainda estiver razoavelmente limpa.

Para homenagear Douglas Adams, fãs do mundo todo exibem suas toalhas ao longo do dia. Os astronautas da Estação Espacial gravaram até um vídeo para lembrar a data. Dá uma olhada:

E você? Empunhou sua toalha hoje?

Daniel Schiavoni

Jornalista em formação. Fã de Woody Allen, Stalone, Miles Davis e Molejão. É ligado em política, filosofia, Sessão da Tarde e trocadilhos cretinos.